Henrique Cazes

Tárik de Souza

Jornalista e crítico musical

Supersônicas

A seleção de improvisadores de Ronaldo Diamante
por Tárik de Souza

sexta, 11 de agosto de 2017

Baixista, arranjador, professor e compositor carioca, Ronaldo Diamante (que já tocou com meia MPB; de Marisa Monte e Maria Bethânia a Moraes Moreira, Roberta Sá, Joyce, Roberto Menescal e Eduardo Dusek) volta ao disco solo, vinte anos após a estréia, na “Suíte para improvisadores”.

Ele tomou como referência a forma clássica de suíte e compôs seis temas em estilos diferentes, do samba ao funk, salsa, valsa, sempre mantendo o jazz como linha mestra nos arranjos e execução. Como o “Samba do Coltrane”, “Cristina no céu de Duke Ellington”, “Valsa brasileira?”, “Amendoim” e “Barbieri” (dedicado ao jazzista argentino Gato Barbieri).

O disco foi gravado no Estúdio Verde “ao vivo”, ou seja, “todo mundo tocando junto, sem correções, música viva”, adjetiva ele. Além do próprio Ronaldo (baixo elétrico e acústico, composições e arranjos), uma seleção de músicos cariocas participou da “Suíte para improvisadores”. Confiram: Fernando Trocado (sax alto), Daniel Garcia (sax tenor e soprano, homenageado na faixa “Daniel”), David Ganc (flautas), Gilson Santos (trompete), Josiel Konrad (trombone), Tomás Improta, Fernando Moura, Marco Tommaso (pianos), Marcos Suzano, Renato Massa (percussões), Arthur Dutra (vibrafone e bateria), Paulo Diniz (bateria e percussão) e Gabriel Barbosa (bateria).

Lançamento, dia 18 de agosto, no Triboz, na Lapa, no Rio


Comentários

Tem uma sugestão de pauta?