Henrique Cazes

Tárik de Souza

Jornalista e crítico musical

Supersônicas

Rodas agitam o samba carioca
por Tárik de Souza

terça, 14 de novembro de 2017

Como escreveu Nelson Sargento, “samba, agoniza, mas não morre”. Mesmo expulso da mídia principal pelos sertanejos, bregas, funkeiros, forrozeiros e pagodeiros plastificados, os batuqueiros à vera não esmorecem. Eles circulam pela cidade na Rede Carioca de Rodas de Samba.

Hoje mesmo, dia 14, às 19 horas, tem “Projeto Aos Novos Compositores”, no Beco do Rato, na  rua Joaquim Silva, 11, na Lapa.

Dia 17, sexta-feira, quatro rodas: às 16 hs, “4 anos de Samba Pedeteresa”, na Praça Tiradentes, no Centro, às 18hs. “Swing do samba”, no Centro de Artes Calouste Gulbenkian, na Benedito Hipólito, 125, Praça Onze; às 19 hs, “Sambalis”, na rua Torres Homem, 150, em Vila Isabel, no mesmo horário do “Samba na Calçada de Madureira”, rua Francisco Batista 43.

Dia 18, às 16 hs, rola a feminista “Moça Prosa”, no Largo São Francisco da Prainha, na Gamboa e às 20hs “Samba dos velhos malandros”, na rua Teotônio Regadas 13, na Lapa.

Dia 19, domingo, cinco rodas: às 10 hs, “Santo Batuque”, na Feira do Cachambi, da Rua Basílio de Brito; às 12 hs “Projeto Cultural Arerê na Praça - Consciência Negra”, na Quadra do Xuxu, na Rua Joe Sombra, no Irajá; às 13 hs “Projeto Cultural No Fundo do Nosso Quintal”, na Estrada São Pedro de Alcântara 388, em Magalhães Bastos; às 15 hs, “Gloriosa”, na Feira Popular da Glória, Avenida Augusto Severo, e “O Botequim do Império”, na Avenida Ministro Edgard Romero 114, na Quadra do Império Serrano.

Comentários

Tem uma sugestão de pauta?