Supersônicas

Vivi Rocha abre alas para seu “Entreatos” autoral

sexta, 11 de maio de 2018

Compartilhar:

Há dez anos atuante no Coro Lírico do Theatro Municipal de São Paulo, a pianista e arranjadora Vivi Rocha estreia no álbum (inteiramente) autoral “Entreatos” (Maximus/Tratore), de surpreendente maturidade e ecletismo estético.

O título remete à vivência lírica da intérprete, arranjadora e pianista do disco, “àqueles momentos decisivos em que nos preparamos para o próximo ‘ato’, ao momento em que nada parece acontecer, mas tudo está em preparação”, analisa.

No encarte, ela atribui o disco ao “retrato de um processo intenso”. E segue: “Algo que eu nem poderia imaginar quando comecei a compor as primeiras canções. É um disco sobre construção, sobre aqueles momentos entre querer e chegar ao resultado final. Percorrer caminhos, recalcular rotas, encontrar pessoas, construir, criticar, crescer...”, enumera.

Divulgação (Foto de Karen Montija)

Um fagote desenha escalas sombrias em “Transpondo barreiras” (“quantos muros pra contornar/ quantas metáforas ruins pra achar?/quantas fronteiras entre você e eu?”) e um baixo acústico prepara com cello a contundente acidez de “Monólogos coletivos”, que cita “Não existe amor em SP”, do rapper Criolo: “se não é de hoje que a gente não se entende/ olhando as fotos nas redes sociais, eu me pergunto/ se em meio a tanta vaidade existe perdão”. Em “Aquilo que me falta”, o clima de tango com breques e retomadas delineia uma cena urbana em plano cinematográfico: “Vendo as luzes dos carros/ passando na Paulista/ tudo se movendo/ e eu com a mente em turbilhão/ por vezes me sinto parada no tempo, esperando (...) congelada no meio da multidão”.

Pontuada por bandolim aos saltos, a melodia de “Amor em baldeação” retrata desencontros no transporte urbano. A valseada “On danse” alterna português e inglês, enquanto “Mais amor” perfila os excessos da urbe da solista: “São Paulo é muito/ muito grito, muito mito/ muito agito/ muita gente, muita lente, muita enchente/ muito amor, muito ódio, muito tudo/ muito pouco, muito muito/ muito mesmo/ muito à esmo, muito em frente, muito em volta”. O lançamento do disco será em show, dia 30 de maio, no belo Teatro Viradalata, no Sumaré, em São Paulo.


SERVIÇO
Show: Vivi Rocha, lançamento do disco “Entreatos”.
Data: Quarta-deira, dia 30 de maio de 2018.
Horário: 21:00 h.
Local: Viradalata Espaço Capital.
Endereço: Rua Apinajés, 1387 – SP.
PARA COMPRAR O INGRESSO CLIQUE AQUI!


Fonte da imagem: Divulgação (Foto de Karen Montija)


Comentários