Programa Aprendiz | Música na Escola

Música, educação e cidadania

O Programa Aprendiz | Música na Escola promove aulas gratuitas de iniciação musical e prática de instrumentos para estudantes da rede pública municipal de ensino de Niterói - RJ. Seu objetivo principal é ampliar o universo das artes, cultura e cidadania dos alunos através do ensino da música. O Aprendiz consiste em uma iniciativa da Prefeitura de Niterói através da Secretaria Municipal de Cultura e da Fundação Municipal de Educação. Desde 2011, o IMMUB assumiu a gestão do programa e vem trabalhando sob supervisão da FAN - Fundação de Arte de Niterói na produção do Programa.

O Programa Aprendiz oferece classes de violino, viola, violoncelo, flauta transversa, clarineta, cavaquinho, violão e percussão - além do canto coral. As atividades acontecem dentro das Escolas Municipais de Niterói, facilitando o envolvimento dos alunos e fortalecendo seu relacionamento com a própria instituição. Em outras palavras, o Programa Aprendiz é um valioso instrumento de transformação do centro de educação em um espaço mais atrativo, contribuindo ainda com a melhoria do desempenho escolar e na permanência do jovem na escola, principalmente em territórios mais vulneráveis. As aulas são gratuitas e os instrumentos musicais são temporariamente emprestados para nossos alunos.

Acreditamos que as práticas educativas, culturais e artísticas desenvolvidas pelo Programa Aprendiz têm efetivamente ampliado e enriquecido as percepções e possibilidades de expressão e atuação dos nossos alunos, contribuindo ao reconhecimento de seus papéis históricos, políticos e sociais na transformação da realidade que os cerca.

Conheça os três principais estágios do Programa:

Iniciação Musical (Musicalização) e Canto Coral:
Voltada para crianças do 1º e 2° ciclos escolares, as aulas de Musicalização acontecem durante o horário escolar, dentro das salas de aulas. Através de atividades lúdicas que envolvem tocar, cantar, dançar e escutar, buscamos desenvolver a criança como um todo, passando pelos âmbitos psíquico, motor, sensorial, criativo, afetivo, racional e social.

Prática de Instrumentos (clássicos e populares):
Opcionais para crianças e adolescentes no contraturno escolar, na prática de instrumentos os participantes podem escolher dentre as opções disponíveis em suas unidades, que variam entre núcleo clássico - violino, viola e cello - e popular - violão, cavaquinho, flauta transversa e percussão. As aulas também acontecem dentro das escolas e são tanto para alunos iniciantes quanto para aqueles que demonstram nível técnico mais avançado.

Aqui também há opção do Canto Coral popular, contemplando essencialmente o repertório nacional.

Experiência Orquestral:
Neste terceiro estágio, os jovens que apresentam habilidades técnicas mais desenvolvidas podem participar das formações orquestrais e da prática em conjunto. Atualmente contamos com duas orquestras: Orquestra Guerra-Peixe (para alunos até 13 anos) e Orquestra Sinfônica Aprendiz. Os ensaios acontecem semanalmente na Sala Aprendiz e há um calendário constante de apresentações e concertos didáticos.

Vale ressaltar que estamos implementando a prática de conjunto também nas escolas. Já temos a bem sucedida experiência do projeto Interculturalidades, que gerou a orquestra homônima na Escola Municipal Julia Cortines. Existem mais duas orquestrinhas escolares em formação: uma na Escola Municipal Sítio do Ipê (Pendotiba), outra na Escola Municipal Maestro Heitor Villa-Lobos (Ilha da Conceição).

Para conhecer mais do Programa, acesse nossa Página no Facebook e nosso Site oficial

Veja também

A nova bossa de “Acrílico”, de Nina Becker

por Tárik de Souza

A diversidade militante de “Campos neutrais” de Vitor…

por Tárik de Souza

Laila Garin e a ROda fazem girar a roleta do novo

Cris Braun e Dinho Zampier sugerem roteiros imaginários…

por Tárik de Souza