LP

AMÁLIA / VINICIUS - Amália Rodrigues e Vinicius De Morais

stdClass Object ( [IIDMIDIA] => 6891 [TITULO] => AMÁLIA / VINICIUS - Amália Rodrigues e Vinicius De Morais [ANO] => 1978 [CATALOGO] => 4.33.503.001/2 [SOBSPUBLICA] => Poesias recitadas por Vinicius de Morais, Ari dos Santos e Natália Correia. Músicas cantadas por Amália Rodrigues [SLUG] => amalia-vinicius-amalia-rodrigues-e-vinicius-de-morais [SFICHATECNICA] => Acompanhamento de Guitarra por Fontes Rocha e Viola por Pedro Leal. [SOUTROSCATALOGOS] => [IIDMIDIAREEDICAO] => [spotify] => [NM_GRAVADORA] => Chantecler [TIPO_MIDIA] => LP )
Gravadora: Chantecler
Catálogo: 4.33.503.001/2
Ano: 1978
Artistas: Vinicius de Moraes / Amália Rodrigues
Compartilhar:

Observações públicas:

Poesias recitadas por Vinicius de Morais, Ari dos Santos e Natália Correia. Músicas cantadas por Amália Rodrigues

Disco 1

Faixas

1 Retrato de Amália (J. C. Ari dos Santos)
Interpretes: Ari dos Santos

2 Defesa do Poeta (Natália Correia)
Interpretes: Natália Correia

3 Havemos de Ir a Viana (Homem de Mello/Alain Dulman)
4 Monólogo de Orfeu (Vinicius de Moraes)
5 Poema dos Olhos da Amada (Paulo Soledade/Vinicius de Moraes)
6 Abandono (David Mourão Ferreira/Alain Dulman)
7 Formosinha de Elvas (Vidal/Natália Correia)
Interpretes: Natália Correia

8 O Objecto (J. C. Ari dos Santos)
Interpretes: Ari dos Santos

9 O Dia da Criação (Vinicius de Moraes)

Disco 2

Faixas

1 Fado Para a Lua de Lisboa (David Mourão/Ferreira)
Interpretes: David Mourão/Ferreira

2 Gaivota (Alexandre O'Neill/Alain Oulman)
3 Balada do Mangue (Vinicius de Moraes)
4 Saudades do Brasil Em Portugal (Vinicius de Moraes/Homem Cristo)
5 Saudades do Brasil Em Portugal (Vinicius de Moraes/Homem Cristo)
6 Pra Que Chorar (Baden Powell/Vinicius de Moraes)
7 O Retrato do Poeta (J. C. Ari dos Santos)
Interpretes: Ari dos Santos

8 Fado Português (José Régio/Alain Dulman)
9 Antogénese (Natália Correia)
Interpretes: Natália Correia

10 Mensagem (Vinicius de Moraes)

Ficha técnica:

Acompanhamento de Guitarra por Fontes Rocha e Viola por Pedro Leal.

Comentários