MPB com tudo dentro

60 anos de Bossa Nova - Rodrigo Faour entrevista Menescal, Carlos Lyra e Marcos Valle
PARTE 1

quinta, 23 de maio de 2019

Compartilhar:

Em meados dos anos 50, o calor das ruas cariocas fundia o jazz americano com o samba brasileiro, as ondas de Ipanema traziam o balanço do blues, a moda da viola quis entrar na dança do violão e piano, o chorinho dos morros também veio dar uma incrementada... E assim nasceu em berços múltiplos do Brasil, o que há 60 anos chamamos de BOSSA NOVA.

Com o coração explodindo em alegria, o jornalista e historiador da música brasileira, Rodrigo Faour, bate um papo descompromissado, sereno e leve, assim como a Bossa Nova, com os maiores ícones vivos deste gênero: Roberto Menescal, Carlos Lyra e Marcos Valle

Nessa primeira parte da entrevista, os músicos falam sobre os primórdios do movimento que, apesar de ter sofrido resistência em meio ao nascimento, renovou de tal forma a música brasileira, tanto nacional como internacionalmente, ganhando o devido respeito. 

Comentando sobre suas influências musicais, a criação de uma academia de violão, o impactante disco “Chega de Saudade” de João Gilberto, o show no Carnegie Hall, o apoio que o poetinha Vinicius de Moraes lhes prestou, o toque visionário de Ronaldo Bôscoli dentro da BN e os mitos e curiosidades que aconteceram naquela época, Menescal, Lyra e Valle nos levam a uma prazerosa viagem no tempo musical “sessentista”.

“Os Bossa Nova” estão esperando por você. Clique no vídeo abaixo e dê um basta na saudade assistindo ao MPB COM TUDO DENTRO de hoje!




Comentários

Divulgue seu lançamento