Música

Artur Nabeth lança o álbum 'Mitos', seu primeiro trabalho solo

domingo, 20 de dezembro de 2020

Compartilhar:

Após quinze anos cantando em bandas, o cantor e compositor Artur Nabeth tinha deixado a carreira artística de lado para se dedicar a outros projetos profissionais. Já estava parado havia seis anos quando soube que ia ser pai, em 2018. Pensou: “Será que meu filho nunca vai conhecer esse meu lado?”. Decidiu, então, fazer um álbum solo. Quando começou a tirar algumas melodias da gaveta para compor o repertório, Jair Bolsonaro foi eleito, deixando um clima de desalento no ar. Foi imbuído desses sentimentos tão diferentes que ele criou “Mitos”, um disco que fala basicamente de descrença e esperança, fim e recomeço.

“Faltando duas semanas para o meu filho nascer, aconteceu aquela noite fatídica de 28 de outubro de 2018, em que o Brasil decidiu se suicidar. Foi um negócio que me deixou muito impactado. Eu não acreditava que o país fosse capaz de eleger esse monstro. Até a última hora, achei que íamos virar. Quando saiu o resultado, aquilo me deixou completamente atordoado. Naquela noite, sentei e falei: ‘Tenho que fazer alguma coisa. Não posso mais ficar parado.’ Quem acompanha política de perto, como eu, já sabia que os artistas iam ser perseguidos a partir daquele dia”, explica.