Música

Claudette Soares e Guilherme Arantes unem vozes em canção inédita do compositor

terça, 14 de maio de 2024

Compartilhar:

Produzida por Marcus Preto e Vitor Cabral, ‘O Prazer de Viver para Mim É Você’ estará no novo álbum da diva da Bossa Nova e tem o próprio Guilherme ao piano

Primeira amostra do próximo álbum de estúdio de Claudette Soares, “O Prazer de Viver para Mim É Você” é uma composição inédita de Guilherme Arantes feita especialmente para a intérprete. Guilherme, que é fã de Claudette desde os anos 1960 (leia texto do compositor em anexo), toca o piano na faixa e divide os vocais com a diva da Bossa Nova na segunda metade da gravação.

Ouça aqui.

Produzida por Marcus Preto e Vitor Cabral, a faixa tem arranjo de cordas de Thiago Faria e Vitor Cabral executado pelos músicos Leticia Andrade (violino), Thais Morais (violino), Andreza Batistella (viola) e o próprio Thiago Faria (violoncelo). Com capa criada por Renan Winnubst, foi gravada em três takes no estúdio Arsis (SP) por Adonias Souza Jr.

Claudette é, como ela própria diz, ‘antiga’. Chega com a música estudada, sabendo tudo da interpretação: como vai colocar cada palavra, como vai dividir cada sílaba para atingir exatamente o efeito que deseja”, diz Marcus Preto. “Ela e Guilherme deram umas passadas ensaiando e logo estavam prontos. Botamos para gravar e eles entregaram tudo.”

Segundo o produtor, “O Prazer de Viver para Mim É Você” faz parte de uma nova safra de composições de Guilherme Arantes. “Ela é da mesma linhagem de ‘Berceuse’, que Guilherme escreveu especialmente para Alaíde Costa, e de ‘Toda Felicidade’, que ele fez para o novo álbum do Boca Livre. É o Guilherme Arantes que bebeu em Jobim, no Clube da Esquina e também em grandes compositores eruditos. Guilherme está cada dia melhor.”

Previsto para o segundo semestre, o novo álbum de Claudette Soares, atualmente com 88 anos, tem apenas canções inéditas escritas por nomes como Marcos Valle, Nando Reis, Roberto Menescal e Arnaldo Antunes, entre outros.


O PRAZER DE VIVER PARA MIM É VOCÊ
(Guilherme Arantes)

Foi por você a mais linda canção
Que me veio brindar ao nascente do sol
Do inocente verão que o outono levou
Para sempre ficar no eterno presente
Em meu coração, em mistério e magia
Em suave paixão de perfume e poesia
Foi preciso sofrer para a vida ensinar
Que o prazer de viver para mim é você

Tive sua luz a me despertar
Aprendendo a crescer, me deixando guiar
Pelo toque da mão, o fascínio condão
Pelo fato do amor ter sempre razão
Me vi envolver em mistério e magia
Em suave paixão de perfume e poesia
Foi preciso sofrer para a vida ensinar
Que o prazer de viver para mim é você

FICHA TÉCNICA

produzido por Marcus Preto e Vitor Cabral
piano: Guilherme Arantes
violino: Letícia Andrade
violino: Thais Morais
viola: Andreza Batistella
violoncelo e arranjo de cordas: Thiago Faria
gravado, mixado e masterizado no estúdio Arsis (SP) por Adonias Souza Jr
capa: Renan Winnubst

SOBRE CLAUDETTE SOARES

Dona de uma das mais charmosas vozes ligadas à Bossa Nova, Claudette Soares começou sua carreira muito cedo: foi revelada no programa “A Raia Miúda”, na Rádio Nacional. Apresentou-se em programas lendários da Era do Rádio, como “Clube do Guri”, “Papel Carbono” e “Salve o Baião”, onde conheceu Luiz Gonzaga, que a apelidou de Princesinha do Baião.

Aproximou-se da Bossa Nova a partir de um convite de Silvinha Telles, que a chamou para substituí-la na boate do Plaza, no final da década de 1950. Ali, dividiu o palco com Luiz Eça, João Donato, Baden Powell, Milton Banana e outros ícones do movimento.

Na televisão, participou de programas como “Brasil 60”, apresentado por Bibi Ferreira, pela Excelsior, “Jovem Guarda” e, principalmente, “O Fino da Bossa”, da Record.

Sua estreia em disco foi com o LP "É Dona da Bossa" (1974). A partir do final dos anos 1960, vinculou-se também com as escolas do samba-jazz e do sambalanço. Gravou 24 álbuns, sozinha ou em dupla com artistas como Dick Farney, Taiguara e Alaíde Costa.


Fotos: Thiago Marques Luiz
Capa: Renan Winnubst

Comentários

Divulgue seu lançamento