Futuro Presente chega ao último mês da temporada

quarta, 09 de novembro de 2022

Compartilhar:

O projeto Futuro Presente conclui em novembro sua programação composta de palestras, shows e oficinas que apontam para o futuro e abordam cultura, empreendedorismo, conquistas, inovação e tecnologia no Espaço Conceito Banco do Brasil - RJ, local que combina atendimento bancário com ambientes de interação, informação e programação cultural, no térreo do CCBB Rio de Janeiro. O ciclo, que teve início em junho, fecha a temporada trazendo nomes e assuntos que inspiram empreendedorismo, conquistas, tecnologia e cultura, com eventos gratuitos e dos mais variados temas.

O último mês de programação traz oficinas especiais de design de game - programação no Minecraft - nos dias 02 e 27 de novembro de 2022. O Lab Maker segue durante os fins de semana do mês e também no dia 14, pré-feriado, com temas como arte digital com pintura de personagens e ilustração digital, programação, criação de filtros de Instagram, corte a laser, modelagem e impressão 3D, reciclagem e robótica.

No dia 25, o ciclo recebe um show especial com a dupla revelação YOÙN, que mescla, em sua música, influências de R&B, rap, jazz, soul, trap e ritmos urbanos cariocas. Amigos de infância, Shuna (Alisson Jazz) e Gian Pedro nasceram em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense, e começaram suas formações musicais na igreja. Com mais de 1 milhão de views do clipe “Meu grande amor” no YouTube, YOÙN conquistou seguidores e fãs, de maneira orgânica, a partir de seus trabalhos como artistas de rua. Com parcerias com grandes nomes da música brasileira, eles trazem toda essa mistura para o palco do Futuro Presente.

Fechando a programação, no dia 30, Guto Requena, designer e arquiteto premiado e participante do Queer Eye Brasil, da Netflix, chega com a palestra “Arquitetura do futuro: empreendendo novas formas de habitar”. Uma das grandes referências da área no Brasil, Guto é autor de “Habitar Híbrido: Interatividade e Experiência na Era da Cibercultura”, dissertação de mestrado que, 12 anos mais tarde, foi publicada como livro pela editora Senac. Em sua carreira, já recebeu diversos  prêmios, palestrou e expôs em mais de 20  países.  

A entrada para toda a programação do projeto é gratuita e os ingressos podem ser emitidos diretamente na bilheteria física do CCBB RJ ou no site bb.com.br/espacoconceito sempre disponibilizados 1h antes de cada atividade / evento.

Classificação indicativa: livre

Mais informações: bb.com.br/espacoconceito


 

SERVIÇO:
Futuro Presente  
Espaço Conceito Banco do Brasil - CCBB RJ 
R. Primeiro de Março, 66 – térreo - Centro, Rio de Janeiro – RJ 


PROGRAMAÇÃO COMPLETA – NOVEMBRO 2022
2/11 – 10h e 16h
Oficina: Programação com Minecraft (a partir de 6 anos), com Giovanni Garritano.

2/11 – 14h
Oficina: Design de games (a partir de 6 anos), com Giovanni Garritano.

5/11 – 10h e 14h
Oficina: Arte digital: pintura de personagens (a partir de 7 anos), com Sofia Travassos

6/11 – 10h e 14h
Oficina: Programação na prática: crie de roupas a adereços interativos (a partir de 7 anos), com Natalia Bruno

12/11 – 10h e 14h 
Oficina: Arte digital: técnicas de ilustração digital com Procreate (a partir de 7 anos), com Paula Cruz

13/11 – 10h e 14h
Oficina: Criação de conteúdos imersivos: aprenda a desenvolver filtros para Instagram com Spark AR (a partir de 10 anos), com Vinicius Arcoverde 

14/11 – 10h e 14h
Oficina: Iniciação ao corte a laser: criação de brinquedos e esculturas em fatias (a partir de 4 anos), com João Azevedo e Pedro Azevedo

19/11 – 10h e 14h 
Oficina: Reciclagem: crie acessórios de moda a partir de materiais recicláveis (a partir de 7 anos), com Leonardo Jarlicht

20/11 – 10h e 14h
Oficina: Robótica na prática: massinha condutiva (a partir de 4 anos), com Manoela Costa e Renata Rocha

25/11 – 18h
Show: YOÙN

26/11 – 10h e 14h
Oficina: Modelagem e impressão 3D na prática: imprimindo um robô virtual (a partir de 4 anos), com João Azevedo e Pedro Azevedo

27/11 – 10h
Oficina: Programação com Minecraft (a partir de 6 anos), com Giovanni Garritano.

27/11 – 14h
Oficina: Design de games (a partir de 6 anos), com Giovanni Garritano.

30/11 – 18h
Palestra: “Arquitetura do futuro: empreendendo novas formas de habitar”, com Guto Requena. Mediação: Carol Anchieta


Saiba mais sobre os participantes do projeto

Carol Anchieta é jornalista com passagem por veículos como TV Unisinos, Canal Futura, Rede Globo e RBS TV. Cria do cenário da cultura urbana, seu trabalho voltado para o jornalismo cultural prioriza a arte e todas as formas de expressão e pertencimento cultural. Feminista antirracista, integra o coletivo de estudos “Atinúké – Pensamento de Mulheres Negras” (RS). Atuou como assessora de diversidade da Secretaria de Cultura do Governo do Estado do Rio Grande do Sul, é mestra em design e assina como editora e curadora da Corpo Futuro, revista de arte de edição semestral feita para leitura e contemplação de obras criadas para arte impressa. 

Giovanni Garritano é formado em jogos digitais pela faculdade IBMR desde 2020, professor de design de games na Happy e modelador 3D. Aficionado de tecnologia e efeitos visuais, realiza projetos no segmento de produção audiovisual e desenvolvimento de jogos digitais.

Guto Requena, nascido em 1979 em  Sorocaba, graduou-se  em Arquitetura e Urbanismo em 2003 na USP  Universidade de São Paulo. Durante nove anos foi pesquisador do NOMADS.USP Centro de  Estudos de Habitares Interativos da  Universidade de São Paulo. Em 2007 ele  obteve o seu mestrado na mesma Universidade com a dissertação Habitar  Híbrido: Interatividade e Experiência na Era da  Cibercultura, que, 12 anos mais tarde, foi publicada como livro pela editora Senac. Em 2008, Guto fundou o Estúdio Guto Requena. Desde então recebeu diversos  prêmios, palestrou em diferentes países e expôs em mais de 20  países. Entre 2012 e 2015 Guto foi colunista de design, arquitetura e urbanismo no jornal Folha de São Paulo, e tem colaborado com  diversas revistas, além de ser professor convidado em diferentes Universidades. Desde 2011, Guto cria, roteiriza e apresenta  séries para TV, Web e cinema. Em 2022 Guto estreia sua série para a Netflix.

João Azevedo é carioca, vascaíno e designer graduado pela UFRJ. Mestre e doutor em design pela PUC Rio, trabalhou por anos na indústria moveleira do Rio, especializando-se em materiais naturais. É professor e pesquisador na PUC Rio onde desenvolve pesquisas sobre biomimética, especialmente bolhas de sabão e suas formas, que já foram apresentadas em eventos como a Rio+20 e publicadas em diversos países mundo afora. É sócio fundador da maré, empresa especializada em upcycling de materiais – como madeira, jeans e alumínio –, que produz relógios, óculos e acessórios por meio da fabricação digital.

Leonardo Jarlicht é formado em design pela PUC Rio, com passagem pelo curso de design da Universidade de Middlesex, em Londres. Trabalhou em vários escritórios de design de produto no Rio de Janeiro. Em 2021, idealizou a marca Vaique: um laboratório de soluções materiais que se dedica a explorar e desenvolver materiais não convencionais de baixo impacto voltados para o mercado.

Manoela Costa é social media e educadora maker, graduanda em design de mídia digital pela PUC Rio e cofundadora do Cria Maker. Trabalha com ensino tecnológico como meio de desenvolvimento de habilidades para adolescentes e crianças desde 2016, principalmente em projetos de impacto social.

Natalia Bruno investiga o campo da tecnologia vestível desde 2012, quando desenvolveu uma coleção de roupas interativas para estimular a movimentação corporal e interação social em um grupo de pessoas do Instituto de Psicologia Clínica Educacional e Profissional. Desde então, aprofundou-se nas pesquisas em wearables através do mestrado em design (PUC Rio), onde desenvolveu peças interativas com circuitos simples (MetaParangolés) e criou o colar interativo Goya, em parceria com o LIFE e a Coopa Roca (grupo de mulheres artesãs da Rocinha), que foi exposto em Barcelona e Roma, entre outras cidades da Europa. Foi professora colaboradora do programa de residência Tecnologia na Moda, do Laboratório de Atividades do Amanhã (Museu do Amanhã), onde orientou o processo de desenvolvimento de wearables para a exposição Interface/Interlace. 

Paula Cruz é designer e ilustradora. É graduada pela EBA/UFRJ e mestra em design pela PUC Rio, onde desenvolveu pesquisa sobre publicações híbridas e novas formas de leitura. Ela atravessou o Atlântico para estudar os mestres holandeses do design na Willem de Kooning Academie em Roterdã, Holanda. Atualmente mora no Rio de Janeiro, e atua como professora de design + ilustração no Crehana e na Miami Ad School desde 2019. Já trabalhou para clientes como Google, Spotify, WhatsApp, Editora Intrínseca, TAG Livros, Adidas, Netflix e YouTube Brasil. Paralelamente ao trabalho e estudos, constrói projetos autorais que unem design, ilustração e pesquisa, tais como livros, cartazes e quadrinhos.

Pedro Azevedo é carioca, botafoguense, surfista e faixa preta de jiu-jitsu. Cursou geografia na PUC Rio, onde trabalhava em pesquisas de ecologia em campo. Empreendedor desde novo, por anos trabalhou com moda, outra de suas paixões. Desde 2017 tornou-se sócio da maré, empresa especializada em upcycling de materiais – como madeira, tecidos e alumínio –, que produz relógios, óculos e acessórios por meio da fabricação digital.

Renata Rocha é designer de interação e educadora maker, formada em design de mídia digital pela PUC Rio e cofundadora do Cria Maker. Desde 2018 trabalha com ensino de tecnologia e o uso dessa habilidade como ferramenta de desenvolvimento pessoal e social.

Sofia Travassos fez parte da área de arte do iCAD Games/VisionLab, desenvolvendo animações e artes conceituais e finais para jogos eletrônicos. Hoje, atua como monitora no Laboratório de Artes em Ilustração e Animação – PUC Rio, sendo responsável pelo auxílio aos estudantes na área de ilustração e animação, além de participar das produções do Núcleo de Arte Digital e Animação (N.A.D.A.).

Vinicius Arcoverde navega pelos campos de 3-D, tecnologia e Experiência do Usuário. Facilita e cria soluções com clientes, times e usuários para resolver problemas criativos por meio de técnica, pesquisa e empatia. Com scholarships, prêmios e artigos na bagagem, hoje atua como designer/pesquisador para a DASA, no Laboratório de BioDesign, usando o digital, além de novas tecnologias como realidade virtual e aumentada como ferramentas para a área da saúde.

YOÙN – Amigos de infância, Shuna (Alisson Jazz) e Gian Pedro nasceram em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense, e começaram suas formações musicais na igreja. Resultado da união das harmonias vocais e o violino de Gian Pedro, com o violão e guitarra de Shuna, YOÙN cria uma ponte entre diversas sonoridades, ao trazer em sua identidade R&B, rap, jazz, soul, trap e os ritmos urbanos cariocas. Em 2017, o duo começou a se apresentar entre as estações de Nova Iguaçu e Central do Brasil, na linha Japeri, uma das mais populares e caóticas do sistema de trens do Rio de Janeiro. Com mais de 1 milhão de views do clipe “Meu grande amor” no YouTube, YOÙN conquistou seguidores e fãs, de maneira orgânica, a partir de seus trabalhos como artistas de rua. Suas referências artísticas, aliadas a suas vivências das mais variadas, tornaram-se referência na cultura jovem contemporânea, que inclui música, moda e consumo. Na carreira, já colecionam parcerias com artistas como Delacruz e Tuyo, e lançaram o documentário com três episódios YOÙN – Da Baixada pro mundo. Em 2020, lançaram “Besteira”, em parceria com Gilsons. O duo foi indicado ao Prêmio SIM 2021 como artista revelação.



Encaminhado por Documennta

Comentários

Divulgue seu lançamento