Tema do Mês

IMMuB: 15 anos divulgando a memória musical brasileira

terça, 05 de outubro de 2021

Compartilhar:

Foi no ano de 2006 que nasceu o IMMuB, uma instituição voltada para a pesquisa, preservação e promoção da Música Popular Brasileira. Com o objetivo de catalogar, documentar e divulgar a produção fonográfica nacional, o instituto é hoje uma das maiores bases de dados sobre o assunto na internet.

Antes da popularização em massa da internet, o Instituto Memória Musical Brasileira começou no formato CD-ROM, através de um projeto de catalogação de LPs para a Petrobrás. Batizado de “Discografia Essencial dos LPs Brasileiros", o disco instalava um banco de dados e um programa de buscas através de filtros com um acervo de 30 mil títulos.

Passados quinze anos, com a internet tornando-se o principal meio de comunicação e o fim dos CD-ROM, hoje o IMMuB possui cerca de 30 mil LPs, 32 mil discos 78 rpm, 12 mil CDs, 7 mil compactos, mais de 110 mil músicas e mais de 25 mil capas, contracapas e encartes para consulta gratuita. Além do acervo discográfico, o Instituto possui em seu banco de dados 25 mil partituras da Banda do Corpo de Bombeiros, também disponíveis para pesquisa e impressão.

Além do acervo disponível no site, o IMMuB fez parte de diversas iniciativas e eventos que incentivam a produção e divulgação da música no Brasil. Desde 2011 o Instituto é responsável pela gestão do Programa Aprendiz, que promove aulas gratuitas de iniciação musical e prática de instrumentos para estudantes da rede pública municipal de ensino de Niterói - RJ.

Na produção cultural, diversos projetos como shows, livros, CDs e DVDs, somados a eventos de grande porte foram promovidos pelo Instituto. Lançamentos como a caixa de CDs “A Poesia do Sopro de Altamiro Carrilho”, o livro “Geografia da Música Carioca” (de autoria de Diogo Cunha, em parceria com João Carino, presidente do IMMuB) a série de encontros musicais “Do Sulco Ao Bit” e o projeto internacional “Niterói - Encontro com América do Sul” são alguns dos destaques.

Assim como um espaço para consulta e divulgação da música brasileira, o IMMuB tornou-se ao longo de sua história um local de debate. Com a presença de colunistas importantes, a memória musical encontra no Instituto um local de discussão com o conhecimento refinado de profissionais como Chris Fuscaldo, José Teles, Tárik de Souza, Henrique Cazes e Luís Pimentel. O mais acessado dos nossos conteúdos está no espaço de divulgação sobre os lançamentos da música brasileira, contando com os materiais de assessorias e gravadoras como Biscoito Fino, Belmira Comunicação, Warner Music Brasil, Build Up Media e compartilhamento da agenda cultural das casas de show do Rio de Janeiro.


Também com sua marca consolidada, o IMMuB hoje possui parceria com empresas que acreditam e divulgam o instituto através de produtos como os cadernos musicais produzidos com a Cicero Papelaria e as camisas feitas em conjunto com a Reserva Ink.

Entre os grandes destaques recentes do IMMuB está a conquista do Prêmio Profissionais da Música, recebido na 5ª edição da iniciativa. A Instituição foi premiada na categoria “Melhor Canal de Divulgação de Música” um reconhecimento pela atuação incansável no registro da memória musical brasileira, como ressaltou a diretora da instituição, Luiza Carino, durante a premiação: “O trabalho que a gente faz não tem fim, porque estamos falando de muitos discos que foram produzidos no passado e todos que estão sendo feitos atualmente, então é um catálogo em constante crescimento”.

E, como a nossa memória musical é vasta e tem muitas histórias para contar, desde 2017, a equipe de pesquisa e comunicação do Instituto elege mensalmente um tema principal para estudar, aprofundar e trazer para o conhecimento e discussão do público em nossas mídias digitais, revivendo momentos inesquecíveis da história da música brasileira e relembrando os maiores destaques do ano vigente. Já passaram por aqui: 50 anos da Tropicália; 75 anos de Clara Nunes; 100 anos de Blecaute; Da Roça ao Rodeio; Rock Brasileiro anos 80/90; Os Ditos Malditos da MPB; Axé Music; As capas de disco da música brasileira; Casa de Bambas; MPB no Cinema; MPB na TV; e tanto outros e muitos mais que ainda virão porque os assuntos são inesgotáveis! Veja alguns dos nossos Temas do Mês aqui.

Um trabalho e tanto, não é verdade?

Acompanhe o Instituto Memória Musical Brasileira também no Facebook e Instagram.


Comentários

Divulgue seu lançamento