Orquestra Tabajara convida Eliane Faria e Didi Assis
Participação especial de João Donato

sexta, 22 de fevereiro de 2019

Compartilhar:

A Orquestra Tabajara, que em 2019 comemora 85 anos, nunca parou de tocar. Ultimamente ela tem feito apresentações com a participação de alguns convidados. Nos próximos dias 27 e 28 de janeiro sua apresentação na Sala Municipal Baden Powell terá as participações especiais de João Donato (com quem nunca se apresentou) e das cantoras Eliane Faria e Didi Assis.

A Orquestra Tabajara foi fundada em 1934 em João Pessoa, Paraíba, pelo Sr. Oliver Von Sohsten que veio da Holanda para dirigir uma empresa que se instalara na cidade. Em 1937, com a inauguração da Radio Tabajara na mesma cidade, a Orquestra foi contratada para fazer parte de seu elenco. Nesta época Severino Araujo foi convidado para integrar o naipe de sax da 'Jazz Tabajara' que já contava com músicos famosos da época. 

Com a morte repentina de Luna Freire, diretor da Orquestra, Severino Araujo, com apenas 21 anos de idade, assume a direção daquela que seria considerada a mais famosa orquestra popular do Brasil. Cantores famosos como: Francisco Alves, Orlando Silva, Déo, Cyro Monteiro entre outros, acompanhados pela Orquestra que excursionavam pelo nordeste na época ficavam surpresos com a qualidade daqueles músicos tão bem ensaiados. 

A fama chegou ao Rio de Janeiro no final dos anos 30, a então capital da República, que era, na época, o centro musical do Brasil.

Em dezembro de 1944 a Orquestra Tabajara recebeu da Rádio Tupi o convite para se apresentar no Rio de Janeiro. Desde então a Orquestra adotou oficialmente a Cidade Maravilhosa como sua sede. A estreia aconteceu no dia 20 de janeiro de 1945 e teve grande repercussão no país, pois foi transmitida por toda cadeia associada que cobria o Brasil de norte a sul.

Sua permanência na Rádio Tupi durou 10 anos. A partir daí, sua trajetória e seu sucesso só cresceram. Em 1955 a Orquestra foi para Rádio Mayrink Veiga e em 1960 para a Radio Nacional onde ficou por 10 anos, além de outros 5 anos na TV Rio.

Inspirada nas Big Bands norte-americanas, a Orquestra anima bailes, festas e gafieiras desde os anos 40 até hoje, totalizando mais de 15 mil apresentações. Chegou a tocar por 10 anos na Domingueira Voadora do Circo Voador sempre com casa cheia.

Eliane Faria: Carioca, cantora e compositora. Neta do violonista César Faria e filha de Paulinho da Viola. Sobrinha de Anescarzinho do Salgueiro. Integrante da ala de compositores da Portela. O bom gosto, a afinação e a segurança foram heranças paternas. A beleza, o ritmo, a graça, o samba no pé e o swing, vieram da mãe Alcinéia Pereira, a mais bela passista do Salgueiro.  Do padrinho Mauro Duarte veio o romantismo com que interpreta seu repertório que por ser de uma forma tão bela, seguramente, Clara Nunes, sua criadora, assinaria.

Didi Assis: Carioca de sotaque nordestino, teve parte de sua infância e
adolescência vivida na cidade de Natal-RN. Conhecida por sua voz forte e cheia de personalidade, canta desde seus 16 anos de idade. Começou cantando em coral, porém rapidamente estava cantando em barzinhos e em bandas de renome na cidade fazendo shows para grande público. Em 2011, na cidade do Recife-PE, decide migrar para o samba, com Didi Assis & Grupo Muçambê. Em 2015, decide voltar a morar na cidade onde nasceu, participando de diversos projetos como Samba Dez, Caramba Manel e Identidade Brasileira. Em novembro de 2017, lançou o lyric vídeo “Carolina Maria de Jesus” (Marcelo Amaro e Wanderson Lemos) em homenagem a escritora, recebendo prêmio de melhor clipe de samba daquele ano, pelo movimento Samba na Fonte e ficando em 1° lugar entre as músicas mais pedidas na Rádio Dreams FM, no programa Buteco da Mimi em Portugal durante 1 mês.


SERVIÇO:
Evento: Orquestra Tabajara convida Eliane Faria e Didi Assis
Participação especial: João Donato
Linguagem: Música
Data: 27 e 28 de fevereiro, Quarta e quinta
Horário: 21h 
Local: Sala Municipal Baden Powell
Endereço: Av. Nossa Sra. de Copacabana, 360 - Copacabana, RJ
Valor do Ingresso: R$ 80 (inteira) – R$ 40 (meia)
Público alvo: Público em geral de todas as idades 
Público esperado: 380 pessoas
Local de venda: Ingressos à venda na bilheteria do teatro de 4ª a domingo das 14h30 às 21h ou pela internet no site https://riocultura.superingresso.com.br 
Classificação: Livre
Duração: 80 minutos

Encaminhado por: Assessoria de Imprensa Sala Municipal Baden Powell
Fonte das imagens: foto de Clever Barbosa ©B2CFilmes


Comentários

Divulgue seu lançamento