Toninho Geraes canta na Portela
Gravado por Zeca Pagodinho, Martinho da Vila e Beth Carvalho, cantor receberá Moacyr Luz e Samba do Trabalhador em Madureira. Festa terá feijão tropeiro e o leitão na brasa do Juninho Baú!

terça, 10 de setembro de 2019

Compartilhar:

O cantor Toninho Geraes mandou avisar: a quadra da Portela, em Madureira, vai ficar miúda no sábado, 14 de setembro. Toninho convidou Moacyr Luz e Samba do Trabalhador para colocar todo mundo para cantar e dançar, com abertura do grupo Antes Samba do que Mal Acompanhado. Ele também chamou o Juninho Baú para fazer os seus pratos inigualáveis: feijão tropeiro e leitão na brasa, saindo, cada um, a módicos R$ 12. Comer delícias faz bem ao coração - que vibra com o estilo inconfundível do mineiro, compositor dos mais gravados por craques, com uma coleção de sambas cheios de personalidade e intérprete de valor da própria criação. Ingressos a R$ 20.

“É a primeira vez que junto todos os meus grandes sucessos de uma vez para cantar. Essa foi a motivação para gravar o meu mais recente DVD, ‘Tudo Que Sou’: reunir a minha obra e rever essa carreira iniciada para valer em 1986, com o elepê 'Na aba do pagode'. Estou muito animado e mal posso esperar para trocar essa energia com a rapaziada na Portela, a minha escola”, comemora.

O roteiro da festa vai seguir uma certa cronologia, com faixas dos seus três discos mais recentes - “Preceito” (2009), “Tudo que Sou” (2014) e “Estação Madureira” (2017) - e sucessos mais antigos. E Toninho vai levar o DVD físico “Tudo que Sou”, que acabou de sair da fábrica. As imagens foram gravadas ao vivo em outubro de 2018, sob a benção da famosa tamarineira do Cacique de Ramos, um dos berços do samba carioca.

Também cavaquinista, Toninho Geraes faz parte de uma nobre linhagem de compositores cujos sambas conquistaram ouvidos para além daqueles que frequentam as rodas do país. O cantor tem muitos parceiros, mas foi sozinho que escreveu os maiores sucessos, como o inaugural “Mulheres”, consagrado na voz de Martinho da Vila em 1995 e depois regravado por Simone, Emílio Santiago e Chitãozinho e Xororó, entre outros.

"Se a Fila Andar" caiu nas graças da saudosa madrinha Beth Carvalho. Já “Seu balancê” é um dos sambas favoritos de Toninho e ganhou as ruas na interpretação malandra de Zeca Pagodinho. Zeca também gravou lindamente “Alma boêmia”, “Uma prova de amor” e “Pago pra ver”. Todas essas, além de “Preceito” e “Mais feliz”, estão incluídas no roteiro do show na quadra de Madureira, que vai sacudir inteira quando Toninho soltar o gogó.

O cantor será acompanhado por um time de feras: Alessandro Cardozo (cavaquinho e direção musical do DVD e do show), Dirceu Leite (sopros), Leandro Saramago (violão), Bento (cavaquinho), Gabriel de Aquino (violão), Jorge Gomes (bateria), Marquinhos Basílio (surdo), Marcelo Pizzotti, Rodrigo Jesus, Batata, Papau (percussão) mais Jussara Rios e Alê Maria (coro). Chega logo, 14 de setembro!



SERVIÇO:
Show: Toninho Geraes canta na Portela (21h)
Participação: Moacyr Luz e Samba do Trabalhador (16h30 às 20h30)
Abertura: Grupo Antes Samba do que Mal Acompanhado
Data: 14 de setembro, Sábado
Horário: a partir das 16h
Local: Portela
Endereço: Rua Clara Nunes, 81 - Oswaldo Cruz, Rio de Janeiro - RJ
Ingressos: www.ingressocerto.com
R$ 20,00 (show)
R$ 12,00 (cada prato)


Encaminhado por: Assessoria de Imprensa Belmira Comunicação
Fonte das imagens: Divulgação



Comentários

Divulgue seu lançamento