Sobre o colunista

Rita Alves é paulista, poeta, historiadora e docente em algumas universidades, pós-graduação, em temas como História, Cultura e Música brasileira. São Paulo talvez represente a amostragem da identidade do Brasil. O avesso do avesso do avesso, de onde surgem vanguardas e também onde as resistências às mudanças são mais intensas. A música não poderia ser diferente de sua geradora matriarca São Paulo, metropoluz, cidadiamante. Das expressões caboclas dos interiores, ao rap das periferias paulistanas, dos sambas com sotaque italiano ao jongo dos quilombos, das rodas de choro aos grupos de jazz, dos concertos aos saraus a céu aberto, tudo é São Paulo. Em sua coluna Rita tem a pretensão, afinal somos meio Bandeirantes, de contar um pouco sobre essas expressões paulistas, a multiplicidade da plural e singular São Paulo.

Notícias